Endodontia

A palavra endodontia significa dentro (endo) do dente (dontia).
É o ramo da medicina dentária dedicado à patologia da polpa dentária. Esta é o órgão composto por nervos, vasos sanguíneos, etc. que se encontra no interior do dente (canais radiculares) e é vulgarmente conhecido, embora de forma errada, como “nervo”.

 

O tratamento endodôntico ou “desvitalização” como é vulgarmente conhecido consiste na desinfeção, preparação e conformação dos canais radiculares com recurso a instrumentos manuais e/ou mecânicos e produtos desinfetantes.
A finalização do tratamento faz-se com o preenchimento / obturação dos canais com um material próprio.


O retratamento endodôntico não cirúrgico é usado quando há fracasso de um tratamento endodôntico prévio.

Trata-se normalmente de um tratamento com uma dificuldade acrescida onde alguns problemas existentes no tratamento anterior podem não ser corrigíveis podendo ser necessário recorrer à microcirurgia endodôntica.

Médico Responsável:

Dr.ª Júlia Cabete