APNEIA DO SONO? SAIBA COMO O DENTISTA PODE AJUDAR!

APNEIA DO SONO? SAIBA COMO O DENTISTA PODE AJUDAR!

O Síndrome de Apneia Obstrutiva do Sono – SAOS – é um distúrbio respiratório que se carateriza por paragens respiratórias durante o sono. Estas paragens designam-se por apneias e podem ter uma duração e frequência variáveis.

Durante estes episódios existe um colapso e obstrução das vias aéreas superiores, o que impossibilita a passagem do ar.  Dependendo da frequência das pausas respiratórias, a SAOS é classificada em função do número (índice) de eventos contabilizados por hora (IAH). Este índice índice traduz o número de apneias (paragens respiratórias) e hipoapneias (diminuição da amplitude da respiração).

Este distúrbio afeta mais homens do que mulheres devido ao fator de proteção hormonal do sexo feminino. Contudo, após a menopausa a incidência nas mulheres aumenta.

Pessoas com excesso de peso e obesas estão mais propensas a desenvolver esta patologia respiratória.

A SAOS tem como consequências um aumento da sonolência diurna excessiva devido à má qualidade do sono, comprometendo a capacidade intelectual, o humor e o desempenho das atividades diárias; eleva o risco de acidentes de viação e de trabalho; aumenta o risco de doenças cardiovasculares (hipertensão, arritmias e enfarte) e alterações metabólicas (descompensação de uma diabetes por exemplo).

Os sinais mais frequentes de apneia do sono são uma roncopatia persistente, sensação de tosse ou engasgamento durante o sono, apneias testemunhadas por terceiros e sonolência diurna excessiva. Como em muitos casos o paciente não tem conhecimento dos episódios de apneia, o outro elemento do casal ou a família do doente têm um papel fundamental na deteção desta patologia.

Em caso de roncopatia ou suspeita de apneia do sono o doente deve ser encaminhado para uma consulta onde é confirmado o diagnóstico e planeado o tratamento. Na Orisclinic possuímos uma consulta vocacionada para a abordagem de pacientes com Roncopatia e Apneia do Sono, onde após o diagnóstico são abordadas as diferentes hipóteses terapêuticas.

O tratamento da apneia do sono implica uma abordagem multidisciplinar, e pode conjugar várias especialidades: a otorrinolaringologia, a pneumologia e a medicina dentária.

Existem várias opções de tratamento para estas condições: medidas de correção comportamental e estilo de vida, correção dos fatores de risco (como a obesidade, ingestão de álcool à noite, tabagismo, ingestão de determinados medicamentos), a terapêutica posicional (ensinar o paciente a dormir numa posição mais favorável com recurso a técnicas de biofeedback), dispositivos dentários de avanço mandibular, hipóteses cirúrgicas (cirurgia ortognática e otorrino), e CPAP (aparelho durante a noite que aumenta a pressão nas vias aéreas superiores, impedindo deste modo as apneias).

Se tiver algum dos sintomas indicadores de distúrbio do sono, na nossa clínica, temos médico dentista com formação nesta área e que o pode ajudar.

Marque a sua consulta através dos nossos contactos: (+351) 239 826 740 / (+351) 967 877 981 | geral@orisclinic.com

No Comments

Post A Comment